Importância das verduras numa refeição

Mesmo que esteja em cima da mesa no almoço, a grande maioria ainda se recusa a incluir qualquer tipo de verdura na rotina alimentar. Principalmente quando vão em restaurantes, onde a sessão de salada é aquela que está sempre saciada, sem nenhuma folha fora do lugar. Porém, mudar esse tipo de pensamento é ideal para ter uma vida mais leve e produtiva.

Salada_CaesesMignon (1)

As verduras são ricas em fibras, ajudam emagrecer, dão saciedade, tem custo baixo e não devem faltar nas refeições, já que são ricas em nutrientes além dos benefícios à saúde. Podemos citar exemplos como:

  • Alface: rica em minerais como potássio, fósforo, cálcio, sódio, magnésio e ferro. vitamina a, b1, b2, b5, c. Todas as alfaces têm ação calmante, sedativa, laxante, diurética, desintoxicante, expectorante, combate doenças renais, urinárias e palpitações do coração.
  • Acelga: é antioxidante, previne o envelhecimento precoce, diabetes, doenças do coração, fortalece o estômago, intestino, combate prisão de ventre, fortalece o fígado, combate cálculos renais e biliares, dermatoses, vômitos, úlceras, fortalece os ossos. Rica em nutrientes como: vitaminas a, b1, b2 b5, c e k e minerais como potássio, cálcio, fósforo, sódio e ferro.
  • Agrião: fonte de ferro e vitamina c, o agrião age nas doenças do fígado, renais, da pele, expectorante, tonifica o estômago, depurativo do sangue, combate anemia e gripes.
  • Couve: ótimo detox, a couve ajuda limpar o fígado, é expectorante, fortalece os cabelos, combate o alcoolismo, bócio, doenças do fígado e vermes. Rica em nutrientes, a couve tem vitaminas a, b1, b2, b5, c. Minerais como o cálcio, enxofre, fósforo, sódio, cloro, magnésio e ferro.
  • Rúcula: rica em vitamina a, c, k, ferro, potássio, manganês, cálcio, enxofre. A rúcula é digestiva, rica em fibras melhorando o intestino.
Todas as verduras são saudáveis, recomendadas em dietas saudáveis e equilibradas. A dica é variar os tipos no preparo das refeições para obter variedades de nutrientes das verduras.

As verduras em geral apresentam baixo teor de carboidratos, com cerca de 5%, não é interessante restringir outros grupos alimentares, faltará nutrientes de importância para nosso organismo. Além disso, mudar drasticamente uma rotina alimentar pode ter consequências, exemplo disto é a redução da imunidade. A baixa imunidade pode facilitar o aparecimento de várias doenças.

criesua_saladafrango-2.jpg

O paladar se adapta ao gosto das verduras com o passar da dieta?

Sim! É possível e com muita determinação, porém, temos que romper com paradigmas; para quem não aprecia o sabor das verduras, mas deseja se alimentar melhor, isso pode ser um pouco angustiante.

A Dna Natural tem um sistema muito legal que faz com que você monte a própria salada e escolha quais vegetais e verduras deseja ter no seu prato. Venha nos conhecer e saber mais sobre as nossas refeições.