5 alimentos para uma pele perfeita  

Hoje em dia é comum ver as pessoas recorrem a processos estéticos para retirar as impurezas ou corrigir a flacidez na pele. Ter a pele facial lisinha e hidratada é um desejo permanente de muitos. Mas para deixar tudo bonito como o desejado pode levar tempo e, por incrível que pareça, não requer tanto esforço. O segredo é uma boa alimentação!

Ter uma boa alimentação é a chave principal para manter o rosto longe de acnes, rugas localizadas ou manchas adquiridas com o tempo. Nesse post vamos indicar 5 alimentos que ajudam nesse estímulo de colágeno para deixar você radiante, como se estivesse saindo de um SPA. Mas lembre-se, nada adianta comer esses alimentos com uma dieta desequilibrada.

Vamos começar dando uma dica geral que é ótima para a pele e que estaremos ressaltando em todos os posts aqui no blog da DNA Natural. O consumo de sucos naturais e água são muito importantes para manter o organismo funcionando de forma limpa e saudável. Não há segredos e nem cremes para ter a pele perfeita. Isso porque esses cremes faciais são feitos nada mais ou nada menos do que vitaminas e colágeno. Nutrientes que você consegue se alimentando e, de quebra, ajudando a pró atividade do seu corpo.
 

Saiba quais são os alimentos que auxiliam para uma pele melhor:

Peixes: Ajuda a regular o açúcar no sangue e a reduzir a inflamação da pele, que é o que provoca as espinhas. Por isso, não deixe de consumir, especialmente, o salmão, atum e a sardinha, que são fontes ricas dessa gordura boa. Use e abuse, sushi está liberado, rs.

Frutas Vermelhas: Para quem é fã de um bom açaí, temos essa novidade. Pode comer à vontade desde que não abuse do leite condensado ou do leite em pó. Os antioxidantes presentes nessas frutinhas, são fundamentais para combater os radicais livres. Os radicais livres inibem a elasticidade da nossa pele.

Frutas Cítricas: Vitamina C nunca é demais, além de fortalecer sua pele com colágeno é uma ótima combatente dos efeitos solares. Por isso, não deixe de consumir limão, acerola, laranja, kiwi, entre outras frutas.

Cenoura: Na sua salada não vai poder faltar uma boa cenourinha. Elas são ricas em betacaroteno, que são antioxidantes e protegem a pele dos raios UV. Então, no verão seu bronze pode ficar ainda mais garantido se você comer essa belezinha alaranjada.

Chá Verde: É um dos chás mais considerados com antioxidantes pela mistura de suas ervas, em sua fabricação todos especiarias são oxidadas. É rico ácido tânico, que reduz o inchaço e a inflamação dos tecidos da pele. O chá também possuí ação desintoxicante e ajuda a diminuir a oleosidade.

O melhor de tudo é que você encontra os alimentos listados em nossas lojas. Aqui na DNA Natural disponibilizamos sucos, pratos executivos, smoothies, sobremesa funcionais e muito mais. Tudo pensado para o melhor da sua saúde. Conheça nosso cardápio e surpreenda-se com a delícia dos nossos pratos.

Abacate: por que comer?

Por muito tempo o abacate foi considerado um verdadeiro inimigo da alimentação, visto como uma fruta gordurosa e calórica.  Muitas pessoas acreditam que o abacate é sinônimo de quilos a mais na balança e simplesmente evitam o consumo por receio de engordar. No entanto, hoje já se sabe que as gorduras encontradas no abacate, mesmo sendo calóricas, são responsáveis pela redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos no organismo, podendo prevenir doenças cardíacas e até o câncer.

De polpa com sabor suave e consistência cremosa, o abacate é uma fruta muito apreciada em todo o mundo, é utilizado em diversos pratos. Uma curiosidade a respeito do abacate é que o hábito de consumir a fruta com açúcar surgiu no Brasil. Entretanto, nos demais países da América Latina, o abacate é consumido em pratos salgados, como a tradicional guacamole.

Confira 5 benefícios incríveis do abacate:

  1.  Reduz o risco de doenças cardiovasculares: o consumo ajuda a reduzir os níveis de triglicérides e de colesterol ruim, além dos danos das paredes arteriais. É ainda importante para manter o bom nível da pressão arterial.
  2.  Colabora para a perda de peso: o abacate possui nutrientes que ajudam no controle dos níveis de um hormônio chamado cortisol, que tem relação com o acúmulo de gordura abdominal e com a compulsão alimentar. Além disso, ele ajuda a prolongar a sensação de saciedade, o que é ótimo para evitar aquele desejo de comer a todo o momento.
  3. Protege a próstata: entre tantas funções, o abacate ainda evita a queda na produção de testosterona. Isso é importante, pois evita um desequilíbrio e o aumento da glândula da próstata.
  4. Melhora o rendimento nos treinos: O abacate ajuda a melhorar o rendimento do treino porque é um alimento muito calórico. Quando consumido antes da atividade física, o abacate ajuda na hipertrofia muscular, pois fornece energia para o treino. E depois dos exercícios, para repor os sais minerais, atuando como isotônico natural. ​​  O potássio, também presente nessa fruta, é indicado para a recuperação muscular, ajuda na absorção das proteínas, é rico em ácido fólico, auxiliando na formação do tecido muscular, e atua nos hormônios aumentando os níveis de testosterona, que resulta em ganho de massa magra.
  5. Turbina o funcionamento do cérebro: A presença das gorduras benéficas e de antioxidantes no abacate promove o bom funcionamento cerebral. Destacam-se a luteína​​ (carotenóide) e o ômega 3, aliados importantes para otimizar a memória, por estimularem a renovação das células cerebrais.​​

Outras curiosidades:

  • A dupla: abacate com torrada, é uma boa opção para ter energia, essa dupla ficou famosa e virou mania em alguns lugares do mundo, como uma refeição saborosa e muito nutritiva. A torrada é um alimento rico em carboidrato, que pode ser substituído pela tapioca ou pela versão da torrada sem glúten no caso de intolerantes. Já o abacate é fonte de gordura boa, que gera energia e saciedade.
  • O abacate pode substituir ovos em receitas – na proporção de 1/4 xícara de abacate amassado para cada ovo da receita a ser executada. Além do ovo, o abacate pode substituir o óleo e a maionese, usado na mesma proporção indicada na receita. Por exemplo, 1 colher de sopa de óleo equivale a 1 colher de sopa de abacate amassado.
  • Para emagrecer, o abacate pode ser ingerido de 2 a 3 vezes por semana, sozinho ou como complemento de outras refeições, como saladas ou lanches, desde que seja respeitada a quantidade de 100g do fruto. ​​ O abacate aumenta a produção de GH, o hormônio do crescimento, que auxilia a formação de músculos. Estes, por sua vez, gastam mais calorias, principalmente se consumido à noite, quando há pico na produção desse hormônio.
  • Apesar de não ter contraindicações, se consumido em excesso pode promover o ganho de peso corporal. Como o fruto é rico em gorduras, o consumo acima da quantidade recomendada pode fazer com que elas sejam armazenadas pelo organismo. O maior segredo da​​ alimentação saudável é o equilíbrio, portanto, não devemos esquecer que o abacate é uma fruta calórica.

Se você não tem o hábito de consumir abacate, experimente mudar o seu pensamento. A adição do abacate aos hábitos alimentares contribui para uma dieta saudável e equilibrada! Acompanhe nossas redes sociais para ficar por dentro de dicas como essa.